A bibliografia anotada – Como preparar uma bibliografia anotada – Compre libguides na Universidade de Cornell bitcoin com paypal

Uma bibliografia anotada é uma lista de citações de livros, artigos e documentos. Cada cotação é seguida por um parágrafo curto (normalmente cerca de 150 palavras) descritivo e avaliativo, a anotação. O objetivo da anotação é informar o leitor sobre a relevância, precisão e qualidade das fontes citadas.

Os resumos são resumos puramente descritivos que são freqüentemente encontrados no início de artigos de revistas científicas ou índices periódicos. Comentários são descritivos e críticos; Eles podem descrever o ponto de vista, a autoridade, a clareza e a relevância da expressão do autor.

Primeiro, encontre e anote citações em livros, revistas e documentos que possam conter informações e ideias úteis sobre o assunto.


Examine rapidamente e verifique os elementos reais. Em seguida, escolha trabalhos que ofereçam uma variedade de perspectivas sobre o seu tópico.

Escreva uma breve nota resumindo o tema central e o escopo do livro ou artigo. Um ou mais conjuntos de que (a) para avaliar a autoridade ou o fundo do autor do comentário (b) no grupo-alvo, (c) ou comparar este trabalho com outro você reconhece ter citado, ou (d) explicar como iluminado este trabalho Seu tópico de bibliografia?

Para revisão crítica e dicas de análise de fonte em sua bibliografia, consulte Análise crítica de fontes de informação. Para obter informações sobre a história e as visões do autor, entre em contato com o escritório de referência para ajudá-lo a encontrar materiais de referência bibliográfica adequados e fontes de literatura.

Pergunte ao seu professor qual estilo é o preferido para sua turma. Os guias de ofertas on-line dos estilos da Associação de Idiomas Modernos (MLA) e da Associação Americana de Psicologia (APA) são vinculados por meio da página Gerenciamento de Ofertas da Biblioteca.

Os autores, pesquisadores da Rand Corporation e Brown University, usam dados de pesquisas longitudinais nacionais de mulheres e homens jovens para testes. sua hipótese que a família errada vive dos jovens Os adultos mudam suas atitudes, valores, planos e expectativas, longe de sua crença em papéis tradicionais de gênero. Eles acham que sua hipótese é fortemente apoiada em mulheres jovens, enquanto os efeitos em estudos em homens jovens eram menos numerosos. Aumente o tempo que você passa fora de seus pais antes de se misturar com o aumento do individualismo, autoconfiança e mudança de atitudes em relação às famílias. Em contraste, um estudo anterior de Williams citado abaixo não mostra diferenças significativas de gênero na orientação sexual como resultado da vida familiar.

Os autores, pesquisadores da Rand Corporation e Brown University, usam dados de estudos longitudinais nacionais de mulheres e homens jovens para testar suas hipóteses. viver fora da família dos jovens Os adultos mudam suas atitudes, valores, planos e expectativas, longe de sua crença em papéis tradicionais de gênero. Eles acham que sua hipótese é fortemente apoiada em mulheres jovens, enquanto os efeitos em estudos em homens jovens eram menos numerosos. Aumente o tempo que você passa fora de seus pais antes de se misturar com o aumento do individualismo, autoconfiança e mudança de atitudes em relação às famílias. Em contraste, um estudo anterior de Williams citado abaixo não mostra diferenças significativas de gênero na orientação sexual como resultado da vida familiar.

Uma bibliografia anotada é uma lista de citações de livros, artigos e documentos. Cada cotação é seguida por um parágrafo curto (normalmente cerca de 150 palavras) descritivo e avaliativo, a anotação. O objetivo da anotação é informar o leitor sobre a relevância, precisão e qualidade das fontes citadas.

Os resumos são resumos puramente descritivos que são freqüentemente encontrados no início de artigos de revistas científicas ou índices periódicos. Comentários são descritivos e críticos; Eles podem descrever o ponto de vista, a autoridade, a clareza e a relevância da expressão do autor.

Primeiro, encontre e anote citações em livros, revistas e documentos que possam conter informações e ideias úteis sobre o assunto. Examine rapidamente e verifique os elementos reais. Em seguida, escolha trabalhos que ofereçam uma variedade de perspectivas sobre o seu tópico.

Escreva uma nota curta que resume o tema central e escopo do livro ou artigo. Um ou mais conjuntos de que (a) para avaliar a autoridade ou o fundo do autor do comentário (b) no grupo-alvo, (c) ou comparar este trabalho com outro você reconhece ter citado, ou (d) explicar como iluminado este trabalho Seu tópico de bibliografia?

Dicas para avaliar criticamente e analisar as fontes de sua bibliografia podem ser analisadas criticamente para analisar fontes de informação. Para obter informações sobre o plano de fundo e as visões do autor, peça ao balcão de referência para ajudá-lo a encontrar a literatura relevante e fontes de análise bibliográfica.

Pergunte ao seu professor qual estilo é o preferido para sua turma. Os guias de ofertas on-line dos estilos da Associação de Idiomas Modernos (MLA) e da Associação Americana de Psicologia (APA) são vinculados por meio da página Gerenciamento de Ofertas da Biblioteca.

Os autores, pesquisadores da Rand Corporation e Brown University, usam dados de pesquisas longitudinais nacionais de mulheres e homens jovens para testes. sua hipótese esta viver fora da família Jovens adultos mudam suas atitudes, valores, planos e expectativas, removendo-os de sua crença em papéis tradicionais de gênero. Você encontra sua hipótese Em mulheres jovens fortemente apoiadas, enquanto em jovens do sexo masculino, os efeitos foram menos pronunciados. Aumente o tempo que você passa fora de seus pais antes de se misturar com o aumento do individualismo, autoconfiança e mudança de atitudes em relação às famílias. Em contraste, um estudo anterior de Williams citado abaixo não mostra diferenças significativas de gênero na orientação sexual como resultado de viver fora da família.

Os autores, pesquisadores da Rand Corporation e Universidade Brown, usados ​​para testar os dados do estudo longitudinal nacional de mulheres jovens e homens jovens a sua hipótese de que os jovens que vivem em família não Os adultos mudam suas atitudes, valores, planos e expectativas, longe de sua crença em papéis tradicionais de gênero. Eles acham que sua hipótese é fortemente apoiada em mulheres jovens, enquanto os efeitos em estudos em homens jovens eram menos numerosos. Aumente o tempo que você passa fora de seus pais antes de se misturar com o aumento do individualismo, autoconfiança e mudança de atitudes em relação às famílias. Em contraste, um estudo anterior de Williams citado abaixo não mostra diferenças significativas de gênero na orientação sexual como resultado da vida familiar.