A Xbi investe em um setor líder – spdr biotech etf (nysearca xbi) em busca de sites Alpha Bitcoin

Ninguém pode escolher investimentos que excedam o mercado. No entanto, acredito que existem razões importantes para investir no SPDR Biotech EFT (XBI). É um ETF para os primeiros estágios empresa de biotecnologia Utilizando ciência avançada para descobrir, desenvolver e oferecer terapias e medicamentos inovadores para pessoas com doenças graves, como câncer, diabetes, doenças degenerativas e doenças raras.

Essas empresas podem oferecer altos rendimentos nos próximos anos, seja através da criação de valor para o acionista através da comercialização de medicamentos e tratamentos inovadores, ou através do substancial bônus pago aos acionistas das empresas adquiridas. Isso me deixa confiante de que o XBI pode ser um artista mediano por períodos mais curtos, mas um artista que está acima da média durante um longo período de tempo.


Como o desempenho passado pode ser um sinal de um bom investimento, é bom ver que o XBI superou o S&P 500 desde a sua criação.

No entanto, um dos maiores desafios em investir em empresas de rápido crescimento é a necessidade de entender melhor a indústria e monitorar as medidas mais de perto do que em setores tradicionais, como telecomunicações, serviços públicos ou energia. Não é diferente se você investir no setor de biotecnologia.

Investidores que não estão familiarizados com a indústria de biotecnologia ou que não querem gastar muito tempo pesquisando e monitorando empresas não devem investir em ações individuais de biotecnologia. Investir em ETFs do setor é uma abordagem mais apropriada.

Inovações biológicas, incluindo tecnologia de DNA, células T carcinogênicas, terapia genética e inúmeros novos tratamentos melhoraram a vida de milhões de pessoas em todo o mundo. O desenvolvimento desta e de outras terapias abrirá muitas oportunidades para os investidores no futuro próximo.

No entanto, existem desafios específicos em aproveitar essas oportunidades. A selecção de acções simples, com base em lucros, rendimentos ou outros dados financeiros não poderia próxima participação de várias gerações biotecnológica divulgar (ações que rendem mais de 100%, Multibondger é cunhado por Peter Lynch em seu conceito do livro) de Wall Street, 1988).

A maioria dos indicadores financeiros, medidas e modelos quantitativos não são uma ferramenta de tomada de decisão apropriada para determinar se empresa de biotecnologia. Eles precisam explorar o mercado potencial de um medicamento, determinar se há produtos concorrentes e, mais importante, prever se o produto será definitivamente aprovado. Você precisa ser um médico para analisar um estoque de biotecnologia, mas você deve entender o campo da biotecnologia, onde a empresa está localizada, e você precisa ser capaz de avaliar o risco de investir adequadamente no negócio vale a recompensa.

Ao investir em ações individuais, é importante manter um equilíbrio entre as ações menos voláteis, as grandes e as mais lucrativas. Start-ups. No entanto, os investidores devem estar cientes de que as ações em estágio inicial às vezes podem cair mais de 50% em um único dia.

A promessa de empresas start-up de biotecnologia é enorme, assim como os riscos e incertezas do desenvolvimento de produtos. A maioria dos estágios iniciais empresa de biotecnologia ou falham porque seus produtos são ineficazes, enfrentam problemas de segurança ou não têm liquidez suficiente para ensaios clínicos ou operações comerciais. O custo de pesquisa e desenvolvimento é extremamente alto – o desenvolvimento de uma nova droga agora ultrapassa US $ 2,5 bilhões.

Além da barreira de custos, existe uma enorme probabilidade de inadimplência, já que aproximadamente 90% de todos os novos medicamentos em potencial não são aprovados (Clinical Development Success Rate 2006-2015). Mesmo a pesquisa mais promissora muitas vezes falha e as reduções de preço de mais de 50% são comuns. Este é um risco inerente neste negócio; A ciência nem sempre coopera.

A necessidade de compreender e monitorar completamente cada ação torna o investimento em biotecnologia individual uma tarefa que pode não ser apropriada para a maioria dos investidores não profissionais. Investidores que não estão familiarizados com a indústria de biotecnologia ou não querem gastar muito tempo pesquisando e monitorando empresas podem escolher a indústria através de ETFs.

A diversificação é a principal razão pela qual os ETFs são mais seguros para investir em ações de biotecnologia. Se uma única parcela de biotecnologia perde 70% em um dia devido a resultados ruins, os acionistas perderiam 70% do investimento. No caso de um ETF, a perda para o detentor poderia ser muito menor, pois a participação seria uma parte muito menor do índice.

Uma desvantagem potencial de um ETF é que você não poderá escolher uma área de pesquisa específica para investir. Por exemplo, se você quiser investir em empresas que podem curar o câncer, o fígado gordo não alcoólico ou o Alzheimer, os ETFs são muito diversificados. Infelizmente, atualmente não é possível investir nessas áreas específicas por meio de ETFs.

Recentemente, a mania da fusão atingiu o setor de biotecnologia. No passado, o ETF iShares Nasdaq Biotechnology cresceu mais de 3% em um dia. Os negócios de biotecnologia têm sido os mais quentes por mais de uma década neste ano. Banqueiros relatam um número acima da média de negociações que podem levar a novas atividades até 2018. Outro vento de cauda pequeno vem da China

Investidores chineses gastam dinheiro em empresas americanas, fazendo com que empresas revolucionárias de saúde sejam inundadas com dinheiro. Pequim pretende ser o líder mundial em novos medicamentos, e os formuladores de políticas querem promover mais inovação na economia intensiva de manufatura da China. Ao permitir mais investimentos em empresas de biotecnologia nos Estados Unidos, o país terá acesso mais rápido e mais fácil a novas terapias anteriormente comercializadas no Ocidente. No final, os investidores chineses querem compartilhar o potencial altos rendimentos desenvolvimentos médicos revolucionários. A maneira mais segura de investir em biotecnologia

Investir em ações individuais pode não ser apropriado para a maioria dos investidores não profissionais, pois as ações individuais devem ser compreendidas e monitoradas. Os investidores devem também lembrar que estão em Start-ups Com pouca diversificação pode ser muito arriscado. Uma maneira segura de investir em biotecnologia é, portanto, passar por um setor de ETF, com o XBI e o IBB sendo os dois mais importantes no campo da biotecnologia.

Acho que a melhor opção para os investidores de longo prazo que buscam oportunidades de crescimento na indústria de biotecnologia é a compra da EFT SPDR Biotech. A maioria dos investimentos no ETF Start-ups Concentre-se em doenças raras e terapias avançadas. Essas empresas podem gerar altos retornos no futuro próximo, criando valor para o acionista, seja através da comercialização de medicamentos e tratamentos inovadores, seja através do alto prêmio pago aos acionistas das empresas adquiridas. tirar

O setor de biotecnologia é uma área em que a inovação pode revolucionar o tratamento de doenças e incapacidades. A perspectiva de melhorar a qualidade de vida das pessoas afetadas traz consigo um grande potencial de lucro para as empresas e seus acionistas. Grandes oportunidades ainda representam grandes riscos. Investir em biotecnologia requer um melhor entendimento das especificidades do setor, monitoramento cuidadoso das tendências do setor e monitoramento mais frequente do estoque.