Anorexia durante a gravidez medicação paysafecard bitcoin

Alguns dos sintomas que as mulheres sentem sobre a falta de apetite durante a gravidez incluem náuseas, náuseas e vômitos. Outros são muito sensíveis ao cheiro da comida, o que os deixa doentes, enquanto outros têm um gosto amargo na boca que os impede de comer. Algumas mulheres não querem comer e podem suportar várias horas sem comida, mesmo que elas grunhem. No entanto, algumas mulheres só procuram certos alimentos enquanto odeiam outros alimentos. Mudanças de humor também afetam sua falta de interesse em comida. Por causa da perda de apetite, estas mulheres geralmente perdem peso gravidez precoce.


Mais de 50% dos mulheres grávidas sofrem de anorexia e náusea durante o primeiro trimestre da gravidez, de acordo com a American Pregnancy Association. Normalmente, esses sintomas começam em torno da sexta semana de gravidez. Mas para muitas mulheres, esses sintomas desaparecem por volta da décima segunda semana. Além disso, a maioria das perdas de apetite das mulheres ocorre apenas nos estágios iniciais da gravidez e pode ser controlada por simples mudanças comportamentais. Causas de perda de apetite

Náuseas ou enjôos matinais, vômitos e perda de apetite no primeiro trimestre são sintomas comuns mulheres grávidas Experiência. Estes são sintomas normais de gravidez precoce e não há nada para se preocupar. Às vezes os sintomas se estendem além do primeiro trimestre, mas geralmente são temporários. No entanto, se prolongada, desidratação e deficiências nutricionais podem ocorrer, caso em que uma consulta médica deve ser solicitada. náusea

A principal razão pela qual você pode perder seu apetite começo Sua gravidez é náusea. A sensação de estar enojado reduz o desejo de comer. Náuseas e vômitos são freqüentemente chamados "doença de manhã"porque eles geralmente ocorrem começo do dia, embora algumas mulheres possam continuar sentindo esse sentimento durante todo o dia e a noite.

Os obstetras dizem que esses sintomas normais geralmente começam na sexta semana de gravidez e terminam na décima segunda semana, mas para algumas mulheres isso pode acontecer durante a gravidez. Se o vômito for grave, pode levar à desidratação e, se prolongado, pode levar a sintomas de deficiência que não beneficiam nem a mãe nem o bebê. Uma consulta médica deve ser procurada. Alterações hormonais

Durante a gravidez, o corpo se adapta à presença do feto no útero para apoiar seu crescimento e desenvolvimento. A progesterona, um hormônio feminino, aumenta para causar espessamento do endométrio, uma adaptação para o bebê. No entanto, um efeito colateral do aumento da progesterona retarda o sistema digestivo, o que pode reduzir o apetite. constipação

Muitas mulheres ficam com prisão de ventre durante a gravidez. Isso pode ser causado pelo aumento dos níveis de progesterona e a ingestão adicional de ferro por muitos obstetras mulheres grávidas. Se você tem constipação, você pode ter um banquinho duro ou dificuldade em defecar. Isso pode levar à perda de apetite. A constipação também pode persistir na última fase da gravidez, quando o bebê que cresce no útero pressiona o intestino, dificultando os movimentos intestinais. Isso fará você se sentir satisfeito e inibir seu apetite. Bebê está crescendo