Como um bebê assiste a partir do vídeo do canal de parto? novo orador do benchmark Healthbitcoin

Toda mulher grávida acredita que todas as coisas estranhas que ela tem feito desde que estava grávida têm entre 37 e 42 semanas de idade porque ela vai trabalhar durante esse período. Embora o parto vaginal seja natural, nem todas as mulheres podem apresentar parto vaginal devido a possíveis complicações, como parto cesáreo. Em qualquer caso, o parto vaginal é um dos métodos de entrega mais comuns no mundo. Seja sua primeira gravidez ou você está aprendendo mais sobre isso, você sempre estará curioso para encontrar um bebê que vem do vídeo do canal de parto. Continue lendo para saber mais e ver vídeos interessantes.


O bebê vem de nascimento Canal: O processo

As coisas tomam vários turnos desde que você engravidou e você também experimentará coisas diferentes no começo do seu trabalho. Em geral, você tem que passar por três fases para entregar seu bebe vaginal, que você vê e aprende com o bebê, que sai canal de nascimento Vídeo depois.

• 1ª etapa Seu colarinho ficará fino antes de você começar a trabalhar e o bebê afundará em sua pélvis. A ruptura do saco amniótico é outro sintoma comum que iniciou o seu trabalho. Para um parto vaginal bem sucedido, é importante que seu bebê esteja em uma posição de cabeça baixa.

• 2º estágio O colo do útero logo se abre e o bebê sai do útero. Este é o começo do segundo passo. Em nenhum momento, o bebê passará do colo do útero para o útero e depois para o canal do parto. Este é o momento em que o empurrão começa. A combinação de sua ação de impulso e contrações musculares uterinas ajuda seu bebê a se mover pelo canal de entrega abertura vaginal. Às vezes, torna-se importante realizar uma episiotomia quando o tamanho da seu bebe é muito grande para você abertura vaginal.

• 3º nível por seu bebe é da sua abertura vaginal, você sempre experimentará contrações. Este é o começo do terceiro estágio quando a placenta também se move através do canal de entrega e deixa a abertura vaginal. Sua dor e contrações vão parar assim que a placenta sair de você abertura vaginal. Você pode optar por usar anestesia durante o processo, mas algumas mulheres preferem dar à luz naturalmente.

Agora você entende o processo básico do parto vaginal. O processo pode ser bastante doloroso para alguns, enquanto outros não o consideram tão terrível. Às vezes, as mulheres usam técnicas diferentes para facilitar o parto vaginal. Por exemplo, alguns optam pelo suprimento de água, que é considerado uma maneira menos dolorosa de levar o bebê para a vagina. Confira o link abaixo para ver como o bebê sai canal de nascimento Vídeo para saber mais sobre os diferentes tipos de entrega.

Ao checar um bebê que sai canal de nascimento Vídeo, você vai entender que é um processo delicado e muitas vezes o mais doloroso. No entanto, você deve lembrar que a dor que você sente enquanto trabalha depende de muitos fatores. Você pode achar difícil dar à luz usando gêmeos. Sua saúde e outros fatores também podem alterar a experiência geral. É por causa de muitos desses fatores que a dor relacionada ao trabalho às vezes não é mais que cólica menstrual, mas algumas mulheres a descrevem como tendo ondas fortes que mais parecem cãibras por diarréia. É óbvio que as mães que vêm pela primeira vez estão preocupadas, preocupadas e chocadas com o pensamento de ter que trabalhar. Aqui está um pouco mais sobre as experiências das diferentes mulheres que tiveram durante o parto vaginal.

"A dor é insuportável e é como se alguém te puxasse por dentro, torcendo e abraçando. Você luta e fica pior. É o suficiente para se render à dor e será suportável. Foi a minha experiência com o meu primeiro parto vaginal. Ainda assim, devo dizer que foi uma experiência dolorosa, especialmente a dor que senti na parte inferior das costas."

"A dor foi simplesmente terrível. Eu nunca experimentei nada mais doloroso do que a dor do trabalho. No entanto, entre as contrações, não senti nenhuma dor e, felizmente, essas contrações duram apenas um minuto. Foi muito doloroso, mas me acostumo depois de quatro filhos."

"Eu achei extremamente difícil e difícil de empurrar corretamente. Eu fiz tudo errado até que a irmã veio até mim e me disse para empurrar como se eu estivesse fazendo cocô. Eu não acreditei no começo, mas funcionou quando tentei. Assim que comecei a crescer, ficou muito mais fácil e minha filha nasceu em poucos minutos."