Por que o joelho dói quando subir escadas – health.net bitcoin course calculator

A dor no joelho é uma causa comum de dor e frustração. Caminhar em terreno plano ou estagnado geralmente é indolor, mas quando as medidas são tomadas, os ataques e atividades de dor são dificultados, enquanto a dor no joelho pode ocorrer em qualquer estágio ou ocorrer subitamente e sem aviso prévio. Isso é especialmente problemático se você mora em uma casa com uma escada. Pode haver várias condições possíveis por trás dessa dor, e o tratamento deve depender da causa. Causas da dor no joelho ao subir escadas 1. Artrite do joelho

Artrite ocorre em muitas formas e mais comumente são osteoartrite e artrite auto-imune. A degradação dos tecidos, a cartilagem se desgasta ou as lágrimas e a inflamação agravam ainda mais a dor.


Espinhos ósseos também podem crescer. A artrite auto-imune ocorre quando o corpo se ataca e danifica as articulações e seus tecidos de suporte, como cartilagem, ligamentos e sinóvia. A articulação torna-se inflamada, dor e inchaço é notado. O calor sentido nas articulações é comum em ambos os casos, mas a variedade auto-imune geralmente produz mais vermelhidão, inchaço e calor.

Tratamento: O tratamento visa reduzir a inflamação através do uso de analgésicos de venda livre, como ibuprofeno, tylenol ou naproxeno. Remédios caseiros saudáveis, como repouso, gelo e elevação, devem ser usados. A atividade física deve ser reduzida para que a dor seja tolerável e a inflamação seja evitada. A artrite auto-imune requer a consulta de um médico que possa discutir os medicamentos prescritos para dor e alterar o ataque do sistema imunológico ao corpo. 2. Síndrome do tendão patelar

A tendinite patelar é muito comum em quem participa de atividades de salto e corrida. O tendão patelar liga a patela (patela) à tíbia (tíbia). Qualquer atividade que envolva extensão, corrida ou salto do joelho pode causar dor em atividades como subir escadas. A dor pode progredir e interferir com o esporte e até mesmo atividades diárias normais, como caminhar.

Tratamento: O tratamento visa aliviar a tensão e a inflamação do tendão patelar. Reduzir a atividade, gelo, descansar e levantar a perna afetada em algumas almofadas. Músculos tensos, falta de condicionamento físico ou treinamento intenso podem causar tendinite patelar. A fisioterapia pode ajudar a fortalecer os músculos ao redor da articulação do joelho e aumentar a flexibilidade. terceiro Bursite do joelho

Bolsos Bursa são estruturas em torno de muitas articulações que lubrificam e amortecem os tendões e ligamentos. Atividades freqüentes, repetitivas, ajoelhadas, agachadas ou traumatizadas podem resultar Bursite do joelho. Pequenas rupturas na pele podem causar uma infecção na carteira. Obesidade e artrite subjacente são fatores de risco para o desenvolvimento Bursite do joelho. Sintomas e sinais de Bursite do joelho incluem inchaço visível, calor, vermelhidão e sensibilidade. Vermelhidão crescente ou estrias vermelhas que se estendem para cima a partir da bursa indicam infecção.

Tratamento: O tratamento é repouso, sorvete e medicamentos anti-inflamatórios sem receita. Se houver uma infecção, são necessários antibióticos. Se a infecção por antibiótico não for resolvida, a drenagem cirúrgica pode ser necessária. Qualquer atividade exacerbante deve ser evitada. Aqueles que precisam de joelho devem usar joelheiras. 4º joelho do motorista

Essa condição afeta os corredores, mas também afeta aqueles que realizam atividades repetitivas, como caminhar ou ajoelhar-se. O estado resulta de uma variedade de atividades diferentes. Essencialmente, qualquer atividade envolvendo a extensão e flexão do joelho pode causar o joelho do corredor. Os sintomas incluem dor e inchaço, dor à pressão na patela e dor profunda ao redor do joelho. Popping pode ocorrer com o mínimo de atividade e é freqüentemente agravado ao subir escadas.

Tratamento: O tratamento reduz a atividade repetitiva, a aplicação de gelo e a elevação do joelho. Analgésicos como o ibuprofeno, Aleve e Tylenol são úteis. Considere a compactação com uma meia de compressão ACE ou meias de compressão para ajudar e aliviar os sintomas. 5. Patromalácia patelar

A parte inferior da patela (patela) é coberta com cartilagem e é propensa a inflamação e danos. Quando isso acontece, a dor na cartilagem causa dor no joelho. Esta condição é mais comum em adolescentes e mulheres e também no uso excessivo do esporte. A fraqueza muscular pode levar a um rastreamento deficiente da patela e ao aumento dos danos da cartilagem. Os sintomas são dor, dor, ligeiro inchaço e sensação de rangido com amplitude de movimento. Vermelhidão e inchaço impressionantes não fazem parte dessa condição e devem levar a busca por outra causa.

Tratamento: O tratamento se concentra no repouso, no gelo e no uso de analgésicos de venda livre. Uma joelheira de apoio, joelheira ou compressa ACE podem ajudar a aliviar a dor e os sintomas. Fisioterapia pode ajudar quando a rigidez e desequilíbrio muscular está presente. Cinesiologia também pode ajudar em casos leves e fornecer desempenho atlético sustentado. A eliminação de atividades dolorosas e atividades esportivas é uma parte importante do tratamento desta doença. 6. dor femoropatelar

Esta condição provoca dor na frente do joelho e geralmente é causada pelo uso excessivo ou qualquer atividade que repetidamente empurra a articulação do joelho e estruturas vizinhas. O desequilíbrio muscular pode fazer com que a patela permaneça no sulco do fêmur, causando dor, inflamação e inchaço. Pés chatos, calçados inadequados ou uma superfície dura mais longa podem contribuir para esse problema doloroso no joelho. A dor vem e vai em geral. A subida de escadas é particularmente dolorosa e a rigidez é comum após os períodos de sessão. Às vezes pode haver ligeiras contusões ou guinchos devido a problemas patelofemorais.